HONRA À PROFESSORA PAULA ESCARAMEIA

  A Associação Portuguesa de Mulheres Juristas quer expressar o seu profundo pesar pelo falecimento da Professora Doutora Paula Escarameia.

 

A Professora Doutora Paula Escarameia foi uma das mais notáveis e insignes juristas portuguesas, denodada defensora dos Direitos Humanos das Mulheres.

 

De entre todas as suas actividades, a Associação Portuguesa de Mulheres Juristas quer destacar o seu papel determinante na elaboração, aprovação e entrada em vigor do Estatuto do Tribunal Penal Internacional, diploma inovador em várias matérias, nomeadamente no que concerne à luta contra a Violência sobre as Mulheres

 

E, ainda, a sua eleição para a Comissão de Direito Internacional das Nações Unidas, tendo sido a primeira mulher jurista a ser eleita para tal cargo.

 

A Professora Doutora Paula Escarameia era também membro honorário da Associação Portuguesa de Mulheres Juristas.

 

 

Lisboa, 5 de Outubro de 2010

 

                                    

                                                               A Direcção da A.P.M.J.

 

  • /14-noticias/264-coloquio-themis
  • /14-noticias/251-cideef

Sobre Nós

A Associação Portuguesa de Mulheres Juristas é uma organização não-governamental de juristas, fundada em 1988, com o objectivo de contribuir para o estudo crítico do Direito sob a perspectiva da defesa dos Direitos Humanos das Mulheres.

Partilhe

Sede

NEWSLETTER

Receba todas as notícias da A.P.M.J. e ofertas especiais.